sábado, 7 de março de 2009

AMO !...isso é tudo que uma mulher, gostaria de ouvir, todos os dias......



Amo o que vejo e o que ocultas
Amo o que mostras ou insinuas
Amo o que és ou imagino
Te amo no alheio e no que é meu

Amo o que entregas, o que escondes
Amo suas perguntas, suas respostas
Eu amo suas dúvidas e certezas
Te amo na simplicidade e na complexidade

E amo o que dizes e o que calas
Amo suas recordações, seus esquecimentos
Amo seus cheiros, suas fragrâncias
Te amo no beijo e na distância

E amo o que amas, eu te amo
Te amo por amor sem duplo corte
Te amo e se pudesse não te amar
Sei que te amaria assim mesmo

E amo o que amas, eu te amo
Te amo por amor a dar o meu mesmo
Te amo com orgulho de querer-te
Porque para te amar eu nasci

Amo o que sejas e o que possas ser
Amo o que afirmas, o que negas
Amo o que dizes, o que pensas
Te amo no que medes e no que pesas

E amo o que alcanças, o que desejas
Amo sua alegria e suas tristezas
Te amo na carne e na alma
Te amo nas suas crises e na sua calma

Amo o que pedes e presenteia
Amo suas carícias, suas ofensas
Amo seus instantes e o eterno
Te amo no seu céu e no seu inferno

E amo o que amas, eu te amo
Te amo por amor sem duplo corte
Te amo e se pudesse não te amar
Sei que te amaria assim mesmo

E amo o que amas, eu te amo
Te amo por amor a dar o meu mesmo
Te amo com orgulho de querer-te
Porque para te amar eu nasci !


Amo (tradução)
A.F.

5 comentários:

Filomena disse...

Olá!

Menina tem mais um prémio para si!
Vá lá buscá-lo pois é seu com toda a honra!

Gostei do poema. e quem ama a sério deve perdoar.

Beijo

Filomena

Isa disse...

Que magnífica escolha! Lê-se e relê-se...e fica a vontade de ler mais.
Beijoo.
isa.

JOICE WORM disse...

Menina... Que saudades de ti...
(Se te contasse da minha vida, se cansarias. Tenho tanto para falar, que sei lá. Mas posso dizer que estou vivendo intensamente e deliciosamente. Cada vez me encontro mais perto de um saber qualquer que me deixa SUPER BEM comigo e com tudo e todos... Assim, como sempre fui ZEN, agora então estou Zen x 1000. Graças à força do meu Anjo da Guarda, que é magnífico. E por me ensinar a amar, tooooodos os dias!)
Um beijo, amiga. MUAC!
Belíssimo poema...

JOICE WORM disse...

PS. Se escrevi alguma palavra errada, tem que desculpar esta brasileira que viveu 20 anos em Portual e agora caminhando para 4 anos em Espanha. As três línguas são parecidas, mas muito diferentes ao escrever e falar... É uma loucura!... Hehe... MUAC (Este é um beijo universal, graças a Deus...)

meus instantes e momentos disse...

muito bonito, parabens pelo post, parabens.
Maurizio